domingo, dezembro 21, 2008

As horas

As horas passam e você não vem,
o compasso do tempo gira gira gira o mundo
e o dia vai embora sem dizer adeus -
sol se pondo, céu vermelho, noite chegando, olhos tristes
gente que foi, gente que veio - onde está você?

Esses minutos que passam longos são cruzes,
redemoinhos de vento pelo caminho -
queria estar com você só um bocadinho
pra tocar seu corpo sentir sua boca rever seu riso:
me faz tão feliz tudo isso!

Seria bom se a noite parasse pra nós;
se tivéssemos a lua no céu sobre o mar
pra nós dois;
peixinhos nadando velozes, estrelas brilhando, flores exalando perfume
e no ar, no ar só suas palavras de carinho
e o piu de algum passarinho ao redor.

Mas as horas passam, passam e você não vem -
onde estão os olhos que me fazem sonhar
e os lábios que me levam às nuvens
e o som dessa voz que me faz tão bem?

Esses minutos que passam são cruzes.
Mas é só você chegar que eles se tornam luzes
brilhando o universo, criando versos e me fazendo cantar
essa canção de amor que me faz lembrar você.


Visite: www.marciowaltermachado.com.br

Nenhum comentário:

Tervetuloa Turkuun! Turku, a cidade da margarida gigante.

“Perplexidade” – essa é a palavra que toma conta de nós quando ouvimos falar de ataques terroristas. Pois, é difícil entender, por exem...