sexta-feira, dezembro 19, 2008

Esmeraldas



Quando eu me perco nesse olhar
de esmeraldas sob o mar
sinto meu coração se encher do céu,
e toda a imensidão do universo
dentro de mim.



É como se as estrelas brilhassem assim
feito jóias sob a luz,
e esse seu riso lindo alcançasse meu coração
com sua voz, seu violão
e seu rosto me seduzindo:
notas de uma canção que ainda não escrevi.

Uma noite, um acaso, seis acasos
que só nós dois entendemos bem, ou não entendemos.
Hey bem, eu estou feliz com você
seu riso acanhado,
cara de sono acordando lentamente
e esses lábios que me beijam docemente
fazendo meu coração bater apressado.

Você e eu sentados, deitados, corando ao pôr-dol-sol
na Barra, no Humaitá, lá em casa, o acaso veio
e fez a gente rir juntos
e me fez sorrir olhando nos seus olhos de esmeraldas sob o mar
com ar de admiração, de sonho, de ilusão, de pecado.

Mas não há pecado quando vejo esse rosto
de sorriso tímido, esse jeito calado, essa cara sapeca
de criança levada, de jeito manhoso e de suspiros!
Esse sopro quente em minha pele, em meus ouvidos
que me faz tremer todo
que me arrepia, me excita, me faz perder o juízo
sempre quando eu me perco nesse olhar,
de esmeraldas sob o mar
fazendo meu coração como um barco à deriva
navegar até um porto onde haja o sol a brilhar feito jóias
sob a luz celeste.

São seus olhos de esmeralda sob o mar
quando eu me perco nesse olhar
fazendo meu coração bater mais forte
esses olhos de esmeraldas sob o mar.

visite: http://www.marciowaltermachado.com.br/

Nenhum comentário:

Tervetuloa Turkuun! Turku, a cidade da margarida gigante.

“Perplexidade” – essa é a palavra que toma conta de nós quando ouvimos falar de ataques terroristas. Pois, é difícil entender, por exem...