domingo, fevereiro 22, 2009

Sem você/ Without you

Caía a chuva forte quando acordei de manhã.
O dia cinza, nevoento, era meu coração tremendo
Do susto de não te ver ao lado - ainda tremo ao amanhecer.
Meu Deus! quantas saudades eu trago em mim, quanta vontade
De te abraçar de novo, de recostar ao teu peito.

Quando tiver um tempo, pense em mim, lembre da lua surgindo,
De você me roubando beijos e dos meus olhos apaixonados.
Eles não têm mais o mesmo brilho, meu rosto não tem a mesma feição,
Mas aqui dentro, no coração, eu ainda tremo ao pensar seu nome.

Meubem, que nome suave é esse que pronuncio!
É como uma prece envolta em incenso doce;
Como miríades de serafins cantando louvores
Diante do Eterno - esse nome que pronuncio.

A chuva ainda cai agora, de leve, dançando no vento
E a lembrança de você corre viva em meu pensamento
Me enchendo daquela vontade de nós dois à luz de vela
Naquela noite primeira, som de violão depois do amor.

Ah! meu coração é só suspiro, nem sei mais se vivo
Porque todo meu viver está perdido nesse desejo de você.
A chuva cai lá fora, tão triste ela cai, e eu no peito suspiro um "ai!"
Pedindo, rezando, querendo te ver de novo.

VISITE: www.marciowaltermachado.com.br

There was a heavy rain falling when I woke up this morning.
The gray, hazy day, was my heart trembling
At the fright of not having you near me - I still shake in the morning.
My God! how much I miss you! How big is the desire
To hug you again, to lay my head on your chest.

When you have the time, think about me, remember the moon arising,
The moments you stole my kisses and my loving eyes staring at you.
They don't shine the same any longer, my face doesn't have the same mien,
But here, in my heart, I still shake at the memory of your name.

Meubem, what a sweet name I utter!
It's like a prayer wrapped in aromatic incense;
Like a thousand seraphim singing praises
Before the Eternal - This name I utter.

The rain is still falling, sofltly dancing in the wind
And the memories of you vividly run through my thoughts
Filling me up with that longing to be with you at candle lights
Like in that first night, guitar songs after love.

Oh! my heart is a thousand sighs, I don't even know if I'm alive
Because all my existence is lost in the desire of having you.
The rain falls outside, so sadly it falls, while in my heart I cry
Longing, praying, asking to have you again.

3 comentários:

Anônimo disse...

Eu te amo véi... você é muito eterno nas suas palavras..

Cryslley Alsan disse...

Meu querido Márcio, sua escrita está cada vez mais profunda. Seus textos são realmente lindos e eu me identifico muito com cada um deles.
Parabens!!!

Cryslley Alsan.

Dialogando Pra Valer disse...

Hi, teacher.
You're a romantic poet!
Loving the poems...
See you...
Bye-Bye
Tati

Tervetuloa Turkuun! Turku, a cidade da margarida gigante.

“Perplexidade” – essa é a palavra que toma conta de nós quando ouvimos falar de ataques terroristas. Pois, é difícil entender, por exem...